Autorização de uso de imagem

TERMO DE AUTORIZAÇÃO DE USO DE IMAGEM Neste ato e para todos os fins de direito, autorizo o uso de minha imagem para fins de divulgação e publicidade do trabalho artístico e cultural, em caráter definitivo e gratuito, constante em fotos e filmagens, As imagens poderão ser exibidas parcial ou totalmente, em apresentação audiovisual, publicações […]

Loucura genial

Japaratuba, ao contrário vizinha Rosário do Catete e muitas outras no caminho para Alagoas ou no sertão sergipano, não tem a estátua do padroeiro na entrada da cidade. Em vez disso, o município construiu em 2002, um monumento em homenagem a um louco genial: Arthur Bispo do Rosário.

Agiota Zé Baiano

José Aleixo Ribeiro da Silva, o Zé Baiano era considerado um dos cangaceiros mais cruéis do bando de Lampião. Ele também sabia fazer seu dinheiro render. Tinha muitas cabeças de gado e fazendas. Mas especializou-se em emprestar dinheiro a juros pelo interior do Nordeste.

Mais semiárido e menos cisternas

A Articulação do Semiárido Brasileiro (ASA) foi criada no início dos anos 1990 e integra o comitê coordenador da Rede de Tecnologias Sociais. Mais de mil entidades de diversos segmentos – igrejas católicas e evangélicas, ONGs, ambientalistas, associações de trabalhadores rurais, associações comunitárias, sindicatos e federações – fazem parte da ASA, cujos principais projetos estão […]

Modelando santos

Dona Judite é bem a mulher forte das escrituras, e se traz no nome o destino, não são poucas as demonstrações de coragem e vigor que a sua vida conta. E a sua arte. Surgida no ambiente tão próprio do coração orante a habilidade para forjar no barro o belo é, para ela, pura e […]

Renda irlandesa

“Não vejo seu rosto! Vejo somente as mãos! E isso me basta! ” – Aglaé D´Ávila Fontes de Alencar A artesã Edinalva Batista dos Santos, a Nalva, 55 anos, aprendeu a fazer renda – ponto de cruz e rendendê – aos 12 anos, depois que a família deixou Muribeca, cidade natal no agreste sergipano, e […]

O sorveteiro sergipano

Seu Armando é o único dono de uma máquina de fazer sorvete de massa, em Cedro de São João, no sertão sergipano. Essas máquinas, que foram febre nos anos 1970 em todo o país, estão praticamente extintas.

Arredores

A visita ao município de Cedro de São João, no início deste ano, serviu também para desbravar um pouco do sertão sergipano, onde começava a ser gestado o programa Meus Sertões Universidade. Os cerca de 50 quilômetros de distância entre o Cedro e Itabi foram percorridos com dois objetivos: revelar para uma de minhas filhas […]

Maranhão é incluído no semiárido

O semiárido brasileiro tem nova configuração desde 23 de novembro de 2017. A avaliação levou em conta critérios como o percentual diário de déficit hídrico, índices pluviométricos e aridez. O grupo de técnicos ressalvou que faltam estações adequadas para fazer as medições precisas destes índices e, por isso, seria melhor incluir as cidades que sofrem […]

Um pedaço do sertão no Rio

redes e mantas

Há duas versões sobre o surgimento da Feira dos Nordestinos, oficialmente chamada de Centro Municipal Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas, que hoje é frequentada por cerca de 300 mil pessoas/mês, segundo seus organizadores.  Uma delas diz que a ela surgiu no dia 2 de setembro de 1945, quando o poeta paraibano e ex-combatente Raimundo Luiz […]