Tag: Sento-Sé

Protesto por audiência pública sobre mineração em Sento-Sé

Na manhã de quarta-feira (14/10), representantes de comunidades tradicionais ribeirinhas e de fundo de pasto fizeram um protesto na Câmara de Sento-Sé. A manifestação aconteceu durante reunião convocada pelos vereadores e a empresa Tombador Iron Mineração (ex-Colomi Iron). Os moradores dos 11 povoados em torno da Serra da Bicuda reivindicam a realização de audiência pública, com a participação do Ministério Público. No entanto, a empresa diz que por ser um empreendimento de grande porte e com médio risco de impacto ambiental não precisa realizar a audiência.

…Ler mais.

Quando a lei não serve de justificativa – Editorial

O silêncio das autoridades estaduais e municipais baianas com relação à implantação de uma mineradora em Sento-Sé é estarrecedor. A concessão de licenciamento para a Colomi Iron, que recentemente passou a usar a designação Tombador Iron, ameaça populações ribeirinhas de uma cidade que já foi severamente castigada com a transposição de seus antigos moradores durante a construção da barragem de Sobradinho.

…Ler mais.

As “boiadas” – Editorial

Quando a fala do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, durante reunião ministerial no dia 22 de abril foi divulgada, houve forte reação. Salles disse que a pandemia de Covid 19 era o momento ideal para passar reformas infralegais, de simplificação e desregulamentação de leis ambientais e convocou outros ministros “para ir passando a boiada, ir mudando todo o regramento”, aproveitando que as atenções da imprensa e da sociedade estavam voltadas para o novo coronavírus. Na ocasião, o Brasil acumulava 45 mil casos e quase três mil mortos.

…Ler mais.

Desfazendo a natureza de Sento-Sé

No livro “O Evangelho Segundo Jesus Cristo”, o escritor português José Saramago reinterpreta passagens bíblicas e humaniza a figura central do cristianismo. Em uma das passagens mais marcantes, Jesus de Nazaré encontra Lázaro morto ao voltar para Bethânia. Quando se prepara para ressuscitar o cunhado, Ele é interrompido por Maria de Magdala, que põe a mão no ombro de Cristo e diz: “Ninguém na vida teve tantos pecados que mereça morrer duas vezes”. O filho de Deus deixa cair os braços e sai para chorar, sem operar o milagre. Para Saramago, ninguém merece a morte ou um grande castigo duas vezes.

…Ler mais.

À beira do lago de Sobradinho

A professora Edonilce Barros foi uma das 27 pessoas entrevistadas pela jornalista e pedagoga Adzamara Amaral, 42 anos, para os trabalhos que desenvolve desde 2012, visando a preservação da memória dos moradores de Sento-Sé, atingidos pela construção da Barragem de Sobradinho, na década de 1970, auge da ditadura civil-militar no Brasil. Adzamara produziu artigos, dissertação, documentário e o livro “Sento-Sé – Memórias de uma cidade submersa”, que será lançado no dia 18, na Câmara de Vereadores do município.

…Ler mais.