Tag: Bahia

Patrimônio ameaçado

A Fazenda Nossa Senhora de Brotas, que pertenceu ao poderoso coronel João Gonçalves de Sá e abriga a capela em homenagem à santa e a antiga mansão do mais conhecido chefe político de Jeremoabo, tem destino incerto. Desde que foi comprada pelos empresários Marco Dantas, Deri e Beto do Caju não se sabe o que será feito com este patrimônio histórico.

…Ler mais.

No tempo dos coronéis

A Fazenda Nossa Senhora de Brotas foi vendida para três empresários de Jeremoabo, que ainda não decidiram o destino final da mansão e da capela de Nossa Senhora de Brotas. Eles estão construindo imóveis para por à venda na área em que existia um engenho e um canavial. No tempo dos coronéis, a construção ao lado da mansão era usada pelos escravos que serviam à casa grande. Hoje, parte da imponente moradia está em ruínas e suas portas e janelas estão trancadas. Na igrejinha, ao lado, só há lixo no interior.

A história da fazenda

…Ler mais.

Padre Cícero e o senhor Ogum

A distância entre o Terreiro de Ogum, na Baixa da Lagoa, comunidade quilombola, e o centro de Jeremoabo (BA) é de 26 quilômetros por estrada de terra ou uma hora e dez minutos “de relógio”, como dizem os baianos. No caminho se avistam araras azuis. Ali, a caatinga é tão verde que muitos moradores acreditam estar diante da Mata Atlântica em pleno sertão.

…Ler mais.

Pássaros do sertão

O multiartista e secretário da Cultura de Gildemar Sena tem um hobby interessante: fotografar os pássaros do sertão. Privilegiado, consegue as imagens em seu quintal ou nas trilhas que faz de moto nas serras de Uauá e região. É dele a segunda exposição de Meus Sertões, que ficará exposta entre os dias 27 de outubro e 29 de novembro.

…Ler mais.

Salve o Paraguaçu!

Eu tenho recalque do Rio São Francisco. É uma certeza que fere o politicamente correto e deve desagradar muita gente, mas é verdadeira. Há anos venho lutando contra esse sentimento, mas não tenho tido sucesso. Aliás, não sei se a palavra exata é recalque ou inveja da forma como esse rio tem força no imaginário dos baianos enquanto o Paraguaçu, um gigante que está intimamente ligado à história da Bahia vive esquecido.

…Ler mais.

Utopia cristã

O SONHO DO BEATO FRANCISCANO EM ALAGOAS 

Resumo: O Direito Canônico da Igreja Católica elege como Beatos cristãos cuja vida possa servir de exemplo e de ferramenta de construção da santidade da comunidade. No Nordeste do Brasil, o povo sertanejo selecionou seus próprios Beatos fora da hierarquia oficial. Estes homens e mulheres povoaram o território nordestino, semeando uma espiritualidade com base na fé, no trabalho e na partilha fraterna, construindo uma utopia de busca da terra prometida, que em muitos casos se constituiu em guerra fratricida com o poder civil.

…Ler mais.

Sementes de esperança

Entre 2000 e 2010, 383.472 pessoas migraram do interior baiano para as grandes cidades. Jovens, entre 16 e 29 anos, corresponderam a 47% dos migrantes. O fenômeno de envelhecimento dos trabalhadores rurais da Bahia preocupa as autoridades, ainda mais que o estado tem a maior população de pequenos agricultores do país – cerca de 4 milhões. …Ler mais.