Categoria: Reportagem multimídia

Maria de Olímpio, a zeladora

A mãe de santo Maria José Alves de Menezes, a Maria de Olímpio, 61 anos, é líder religiosa de renome no povoado quilombola de Campo Grande, em Santa Teresinha (BA). Ainda criança dava pistas de seu dom: quando ia a uma casa de reza caía no choro ao ver a imagem de São Sebastião, que corresponde a Oxóssi, seu orixá. Com o passar do tempo, fez a cabeça com o pai de santo Zé Dudé, na localidade km 100, em Brejões. Também desenvolveu a vidência e aprendeu a jogar búzios.

…Ler mais.

Joanita – As mulheres de Água Preta 4 (Final)

São quase duas horas da tarde de sábado e Joanita Ferreira Brito, 49 anos, senta em uma mesa de um bar do mercado de Encruzilhada e bebe um copo de cerveja. Falta pouco para a sua folga de final de semana começar. Ela ainda vai comprar carne no açougue e voltar para casa onde preparará o almoço e o jantar. Só no domingo, em uma festa de aniversário, com direito a cavalgada e forró, é que terá o dia inteiro livre. …Ler mais.

Boa Nova dá show de cultura com reisados

Do entroncamento de Boa Nova até a sede do município é preciso superar 16 quilômetros de uma estrada sem acostamento, sem sinalização, com risco frequente de um boi ou vaca atravessarem a pista estreita que serpenteia uma serra. Apesar do risco e da concorrência de um show de música sertaneja que ocorria no povoado de Penachinho, dezenas de pessoas preferiram pegar o caminho arriscado para ver a oitava edição do Festival de Reisados de Boa Nova (BA). …Ler mais.

Terno de reis peregrino

A velha caminhonete está parada a 200 metros do leito enlameado do Água Preta. Na verdade, o rio que cortava o município de Encruzilhada está morto. Virou esgoto no centro da cidade. No restante do trajeto, deixou de ser perene. A última chuvarada acumulou meio palmo de água no trecho diante da casa da agente comunitária de saúde Joanita Ferreira Brito, 49 anos. Água que evaporou em quatro dias.

…Ler mais.