Cadê o prefeito?

Capítulo 3: Na calçada Leonardo Lima e Luísa Carvalho Entre os dias 5 e 8 de outubro do ano passado, Luísa enviou mensagens e ligou duas vezes para o prefeito de Correntina Nilson José Rodrigues (PCdoB), conhecido como Maguila. Ele não retornou as chamadas.  Outras quatro ligações foram feitas pelo pai dela, Marcos Carvalho, e […]

Viva São Sebastião, o padroeiro contra a peste e a fome!

Uma quantidade imensa de cidades e distritos veneram São Sebastião, cuja data é celebrada hoje, na Bahia: São Sebastião do Passé, Cocos – onde também homenageado ao ter seu nome em um hospital público, uma clínica particular e uma rua – Seabra e Palmeiras (Chapada Diamantina), Belo Campo, Brumado, Algodões (distrito de Quijingue), Caturama, Ibiassucê, […]

Covid faz prefeitura cancelar Lavagem de Ichu

A prefeitura de Ichu decidiu cancelar a Lavagem da Igreja do Sagrado Coração de Jesus, que seria realizada na primeira semana de fevereiro, por causa da pandemia de covid-19, causada pela cepa Ômicron. Desde o início da pandemia, em março de 2020, até hoje, a cidade registrou 469 casos da doença e quatro mortes. Nas […]

Garra jornalística

Entre agosto e novembro de 2021, Paulo Oliveira, editor de Meus Sertões, e a professora Lívia de Souza Vieira, da Universidade Federal da Bahia (Ufba), orientaram Leonardo Lima dos Santos e Luísa da Silva Carvalho, estudantes de jornalismo na produção, reportagem e edição do podcast “Guerra da água”, que mostra como o agronegócio ameaça conservação […]

Puro talento

A pedido de Meus Sertões, Leonardo Lima dos Santos e Luísa da Silva Carvalho, autores do podcast “Guerra da água”, fizeram seus próprios perfis. Conheça mais um pouco sobre os vencedores da 13ª edição do Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão, criado pelo Instituto Vladimir Herzog. Eles investigaram como o agronegócio está secando os rios […]

O novo boletim das chuvas

Tudo começou quando o técnico agrícola Edcarlos Araújo de Almeida, 28 anos, comprou o primeiro pluviômetro de acrílico por R$ 25, em dezembro 2012. No mês seguinte, ele começou a fazer o registro das chuvas e dos dias de seca em folhas soltas de papel.