Contraveneno

Contraveneno

Usado por algumas benzedeiras em seus processos de cura, o cuspe é milenarmente conhecido. Afinal foi com saliva que, segundo o Evangelho de Marcos, Jesus curou um cego de nascença. A cultura popular e a medicina rústica se arvoram em curas e benzimentos, e é antiquíssima a fórmula que reza: “Jesus, Maria e José, cuspe em jejum mezinha é!”

Os curadores de cobra são conhecidos por todo o Brasil. Costumam, como Seu Zé Galego, serem identificados na tenra infância ao serem provados na própria carne escapando ilesos dos mais bravos venenos.

Foi assim com o nosso amigo entrevistado – a partir daí a sua própria saliva ganhou valor positivo e passou a salvar animais das peçonhas malditas que inexoravelmente os levaria a morte.

Hoje, aos 78 anos, sem nunca ter recebido dinheiro pelos seus inúmeros salvamentos, vive em paz em sua roça em companhia da cadelinha que é a luz da sua vida, com o coração tranquilo por só fazer o bem sem amealhar nisso caraminguás que lhe favoreça riqueza.

Nota da redação: Meus Sertões adverte que a cura para o veneno de cobras e de escorpiões só é cientificamente comprovada após o uso de soros antiofídicos e antiescorpiônicos. Em caso de picadas, leve a vítima imediatamente para um hospital.

Nasceu e cresceu numa típica família brasileira. Potiguar, morando na Bahia há vinte anos, é médica de formação e pesquisadora da cultura popular. Nos últimos 10 anos abandonou a sua especialidade em cardiologia e ultrassonografia vascular para atuar como médica da família na Bahia e no Rio Grande do Norte, onde passou a recolher histórias e saberes. Nessa jornada publicou cinco livros.”. No final de 2015 passou temporada no Amazonas recolhendo saberes indígenas.
follow me

Uma reflexão sobre “Contraveneno&rdquo

  1. Margareth O AzevedoDisse…
    Replied on

    Sensacional!!!

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *