Protesto por audiência pública sobre mineração em Sento-Sé

Protesto por audiência pública sobre mineração em Sento-Sé

Na manhã de quarta-feira (14/10), representantes de comunidades tradicionais ribeirinhas e de fundo de pasto fizeram um protesto na Câmara de Sento-Sé. A manifestação aconteceu durante reunião convocada pelos vereadores e a empresa Tombador Iron Mineração (ex-Colomi Iron). Os moradores dos 11 povoados em torno da Serra da Bicuda reivindicam a realização de audiência pública, com a participação do Ministério Público. No entanto, a empresa diz que por ser um empreendimento de grande porte e com médio risco de impacto ambiental não precisa realizar a audiência.

A avaliação de risco do empreendimento foi feita pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), autarquia estadual que executa as políticas estaduais de meio ambiente. A escala de risco varia de 1 a 6, sendo que o Projeto Tombador foi considerado classe 5. Vale lembrar que o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, João Leão, é filiado ao PP, um dos partidos do Centrão, é um dos incentivadores da instalação de mineradoras na Bahia. O empreendimento também conta com o apoio da prefeita Ana Passo (PSD), aliada do governador Rui Costa (PT). Em 2017, segundo investidores, ela concedeu, sem alarde, licença de uso de solo para a mineradora.

A MANIFESTAÇÃO

Devido ao protesto, os políticos e funcionários da Tombador Iron decidiram cancelar a reunião. A empresa, em seguida, divulgou nota. Nela informa que o seu “corpo técnico” compareceu à reunião convocada pela Câmara Municipal para prestar esclarecimentos sobre o projeto Tombador de granulado de hematita (Nota da redação: Investidores internacionais informaram que haverá também extração de itabirito, com baixo percentual de minério de ferro, da região. A hematita, cujo processo de extração é mais simples, representa  9,8% do total a ser extraído. ).

A empresa acrescenta que possui licença de instalação concedido pelo Inema, em agosto deste ano. E que “devido ao seu porte reduzido, o projeto foi enquadrado como de médio impacto ambiental, o que dispensa audiência pública”. (Nota da redação: a empresa omite que é um empreendimento de grande porte, conforme classificação da autarquia).

Moradora aborda funcionário da Tombador Iron Foto: Blog Leonardo Rodrigues
Moradora aborda funcionário da Tombador Iron Foto: Blog Leonardo Rodrigues

Após lamentar a não realização da reunião, a Tombador diz que isto resulta”em prejuízos à população de Sento-Sé, ávidas por novas oportunidades socioeconômicas” e diz que a mineradora permanece à disposição para prestar esclarecimentos sobre o projeto.

Na reportagem “Conheça mais sobre o Projeto Tombador”, publicada pelo site www.sentosenoticias.com.br, consta a informação que serão criados 120 empregos diretos na fase de instalação da mineradora, e 90 na fase de operação. Se todos os contratados forem do município, isto representa 0,29% e 0,22% da população, estimada em 40.989 habitantes pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
 

LEIA MAIS SOBRE A QUESTÃO:

Desfazendo a natureza

Paulo Oliveira Administrator
Jornalista, 58 anos, traz no sangue a mistura de carioca com português. Em 1998, após trabalhar em alguns dos principais jornais, assessorias e sites do país, foi para o Ceará e descobriu um novo mundo. Criou dois jornais populares: Massa (BA) e Hoje (CE). Formou comunicadores populares nas favelas do Rio e treinou jornalistas em Moçambique, na África. Conhece 14 países e quase todos os estados brasileiros. Suas reportagens ganharam prêmios de direitos humanos e de jornalismo investigativo.

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *