Dia: 24 de setembro de 2020

Desfazendo a natureza de Sento-Sé

No livro “O Evangelho Segundo Jesus Cristo”, o escritor português José Saramago reinterpreta passagens bíblicas e humaniza a figura central do cristianismo. Em uma das passagens mais marcantes, Jesus de Nazaré encontra Lázaro morto ao voltar para Bethânia. Quando se prepara para ressuscitar o cunhado, Ele é interrompido por Maria de Magdala, que põe a mão no ombro de Cristo e diz: “Ninguém na vida teve tantos pecados que mereça morrer duas vezes”. O filho de Deus deixa cair os braços e sai para chorar, sem operar o milagre. Para Saramago, ninguém merece a morte ou um grande castigo duas vezes.

…Ler mais.