Bruxo potiguar

Bruxo potiguar

Bruxo, rezador, ocultista…Geandro diz-se goécio (evocador de espíritos), o que nos remete a tempo pré-salomônicos.

De visões de bruxas e seres demoníacos desde a infância ao encontro com o Livro de São Cipriano e outros de orações fortes foi-se formando um rezador cheio de espírito e coragem – coragem suficiente para fazer o grande pacto com o Inimigo: que ele lhe dê força e dom em troca de uma vida definida até os 80 anos e em cuja morte terá a sua alma entregue ao reino do Diabo. Vive, reza, diz fazer o bem… Paradoxalmente, encaminha às igrejas de confissões religiosas cristãs e outras como umbanda, candomblé e espiritismo.

Das suas práticas tira o seu sustento e lamenta viver em comunidade tão pobre, mas serve a quem o procura.

De ouvinte do nosso canal, dispôs-se a depoente. Abertos a todas as práticas ligadas a cultura/religiosidade popular, como Câmara Cascudo em seu Meleagro (livro sobre catimbó e magia branca no Brasil), respeitosos e despidos de preconceitos, acolhemos o seu depoimento rico em detalhes enviado a nós numa gratuidade interessada apenas em divulgar a prática da qual fez a sua vida, vocação e profissão.

Ciente e consciente, não lamenta nem se arrepende das tratativas feitas no passado, mas ainda acredita que se no último momento da sua vida se aproximar de Deus poderá ser salvo.

O PACTO

2 reflexões sobre “Bruxo potiguar”

  1. HelenitaDisse…
    Replied on

    Uma das entrevistas mas instigantes!

    1. Paulo OliveiraDisse…
      Replied on

      História muito boa.

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *