Mestre Ivaldo

Ivaldo de Tracunhaém – vida de brasileiro trabalhador com dores e responsabilidades precoces demais, vemos com admiração o poder transformador da doçura e o aflorar inevitável de uma vocação.

Do cortador de cana comprometido com a criação dos irmãos ao menino já atraído pelo potencial do barro, Ivaldo parece ter herdado da mãe o domínio da modelagem, e dela tirou toda a inspiração para as suas peças de maior destaque – as de Nossa Senhora, e que, assim como as demais representações da santa, leva o rosto dela .

O artista esculpe Nossa Senhora com o rosto da mãe. Imagem: Frame do vídeo do Canal de Cultura Popular
O artista esculpe Nossa Senhora com o rosto da mãe. Frame do vídeo do CCPB.

A predileção do artista pela imagem da Conceição, Virgem Imaculada, em sua relação familiar de pai ausente, mãe admirável e filho que se faz pai de irmãos, parece compor um quadro que iria bem em análises mais aprofundadas. Mas deixemos ao artista em sua alegria, a satisfação de colocar-se, conforme veremos, na imagem do também castíssimo São Francisco.

Tantos teóricos vêm-nos à mente…

Ficamos com Nietzsche e a sua máxima tão acertada de que “a arte existe para que a verdade não nos destrua!”

Apreciemos o trabalho precioso com detalhes tão peculiares e admiremos os mistérios que a devoção engendra!

A VIRGEM MARIA E OUTRAS OBRAS

Compartilhe esta publicação:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sites parceiros
Destaques