Dois matutos e o filho da jumenta

Dos cinco livretos do poeta agricultor Geraldo Oliveira, certamente o mais engraçado é “Os dois matutos e o filho da jumenta”, obra que ele apresenta agora em Meus Sertões.

Em dezembro, quando conhecemos Geraldo, em Riachão do Jacuípe, ele nos encantou com a história de João Melado.

A valentia de João Melado

Vale lembra que o agricultor sempre foi apaixonado por literatura de cordel, chegando a decorar livretos inteiros antes de decidir escrever seus próprios enredos de “bravura, romance e humor”.

Divirtam-se:

 

Jornalista, editor, professor e consultor, 59 anos. Suas reportagens ganharam prêmios de direitos humanos e de jornalismo investigativo.
follow me
Compartilhe esta publicação:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sites parceiros
Destaques