Mês: abril 2016

A longa travessia de Manuel

Claudiceia está sentada em um colchão no chão com um bebê quando, finalmente, localizo o imóvel em frente ao orelhão, onde “se encontra o responsável pelo museu”. Cheguei ali seguindo as instruções do bilhete que está preso à porta do memorial do povoado de Canudos Velho. É que, dependendo do ângulo, o telefone público do outro lado da calçada fica diante de duas casas e de um botequim, onde um vira-lata descansa. …Ler mais.