Belo Jardim

Belo Jardim

No segundo programa da terceira temporada da série “Artistas Populares do Nordeste”,  o canal Cultura Popular Brasileira, em parceria com o site Meus Sertões, apresenta outras três artesãs do Sítio Rodrigues, em Belo Jardim (PE).

Ciceronada por Neguinha, afamada por suas esculturas de barro, conheci Luzia dos Tatus, 60, Adelma Silva Torres, 49, e Joselina das Cabras. Como Neguinha, elas aprenderam o ofício com as mães e avós e chegaram a resistir quando a artista plástica Ana Veloso aconselhou que fizessem trabalho autoral. Ana tinha a missão de revitalizar o artesanato da cidade, estruturado na produção de utensílios domésticos.

Foram necessárias paciência e persistência para fazer Luzia dos Tatus, Adelma Silva Torres e Joselina das Cabras mudarem de ideia. A iniciativa deu tão certo que duas delas incluiram os animais pelos quais ficaram famosas no nome.

“Trabalho todos os dias e não sinto nada. Tenho um grande amor por esse trabalho. Parece que estou no melhor escritório do mundo” – diz Luzia, 60 anos, 50 dedicados ao trabalho com o barro.

Acompanhe esta bela história:

Nasceu e cresceu numa típica família brasileira. Potiguar, morando na Bahia há vinte anos, é médica de formação e pesquisadora da cultura popular. Nos últimos 10 anos abandonou a sua especialidade em cardiologia e ultrassonografia vascular para atuar como médica da família na Bahia e no Rio Grande do Norte, onde passou a recolher histórias e saberes. Nessa jornada publicou cinco livros.”. No final de 2015 passou temporada no Amazonas recolhendo saberes indígenas.
follow me

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *