Festa de Iemanjá com tempero sertanejo

Festa de Iemanjá com tempero sertanejo

A Festa de Iemanjá, celebrada no dia 2 de fevereiro, em Salvador, não é uma celebração apenas de quem vive ou visita o litoral. Nas areias da praia do Rio Vermelho, centros de umbanda e candomblé rural se instalam para realizar os cultos em homenagem à Rainha do Mar.

É nos candomblés do sertão que vemos a essência do sincretismo religioso. Seja no nome de um terreiro – Centro Espírita Deus Reina na Umbanda – de Feira de Santana ou no uso de orações católicas nos rituais.

As manifestações de fé se misturam com a alegria das pessoas que participam do evento. Não faltam samba e danças. Este vídeo de Meus Sertões mostra parte da festa religiosa, criada por pescadores, e que se transformou na mais animada da capital baiana. Tudo isso com uma pitada de fé sertaneja.

Jornalista, 56 anos, traz no sangue a mistura de carioca com português. Em 1998, após trabalhar em alguns dos principais jornais, assessorias e sites do país, foi para o Ceará e descobriu um novo mundo. Há dez anos trabalha na Bahia, mas suas andanças não param. Formou comunicadores populares nas favelas do Rio e treinou jornalistas em Moçambique, na África. Conhece 14 países e quase todos os estados brasileiros. Suas reportagens ganharam prêmios de direitos humanos e de jornalismo investigativo.
follow me

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *