Homem lobo

Homem lobo

Um dos seres lendários mais presentes em diversas culturas e mitologias, o lobisomem transita entre a sabedoria popular e erudita despertando o medo e advertindo incautos.

Seja na Bíblia, em Ovídio ou nas conversas de cozinha e estórias de assombrar crianças, o licantropo ou homem lobo é das mais insistentes entidades que, no imaginário universal, sobrevive aos tempos.

Hoje, de três regiões de diferentes identidades culturais na Bahia, relatos marcados pela credulidade atestam a existência e o temor aos lobisomens.

Dona Catarina, Josefa e seu Osvaldo afirmam que o bicho existe. Fotos: Helenita Monte de Hollanda
Catarina, Josefa e Osvaldo afirmam que o bicho existe. Fotos: Helenita Monte de Hollanda

Os depoimentos são de Catarina Souza, 90 anos, aposentada, de Jequié (BA); Josefa Oliveira de Jesus, 50 anos, modista, de Tucano (BA); e Seu Osvaldo, 72 anos, ambulante, de Santa Bárbara (BA).

.

Nasceu e cresceu numa típica família brasileira. Potiguar, morando na Bahia há vinte anos, é médica de formação e pesquisadora da cultura popular. Nos últimos 10 anos abandonou a sua especialidade em cardiologia e ultrassonografia vascular para atuar como médica da família na Bahia e no Rio Grande do Norte, onde passou a recolher histórias e saberes. Nessa jornada publicou cinco livros.”. No final de 2015 passou temporada no Amazonas recolhendo saberes indígenas.
follow me

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *