Maranhão é incluído no semiárido

Maranhão é incluído no semiárido

O semiárido brasileiro tem nova configuração desde 23 de novembro de 2017. A avaliação levou em conta critérios como o percentual diário de déficit hídrico, índices pluviométricos e aridez. O grupo de técnicos ressalvou que faltam estações adequadas para fazer as medições precisas destes índices e, por isso, seria melhor incluir as cidades que sofrem com a seca, mesmo sem a existência precisa de dados. Também dispensou a obrigatoriedade da presença do bioma caatinga para definir os noves limites da região. A medida foi aprovada pelo conselho deliberativo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

Delimitação do semiárido feita em 23/11/2017

Com a inclusão de 73 cidades da Bahia (9), Ceará (10), Maranhão (2), Minas Gerais (6), Paraíba (24), Pernambuco (1), Piauí (2), o semiárido passa a ter 1,03 milhão de quilômetros quadrados (12% da área do país) e 25 milhões de habitantes (12% da população) em 10 estados. Além dos nove originais – Alagoas, Sergipe e Rio Grande do Norte não tiveram alterações –, o Maranhão passou a integrar a região. Os municípios de Araioses e Timon fazem parte da nova lista.

Dados sobre a nova delimitação:

Fonte: Instituto Nacional do Semiárido (Insa)
Lista das 73 cidades incluídas no semiárido

 

Jornalista, 57 anos, traz no sangue a mistura de carioca com português. Em 1998, após trabalhar em alguns dos principais jornais, assessorias e sites do país, foi para o Ceará e descobriu um novo mundo. Há dez anos trabalha na Bahia, mas suas andanças não param. Formou comunicadores populares nas favelas do Rio e treinou jornalistas em Moçambique, na África. Conhece 14 países e quase todos os estados brasileiros. Suas reportagens ganharam prêmios de direitos humanos e de jornalismo investigativo.
follow me

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *